Edição (ANTERIOR) de Junho de 2012.

Criatividade, trabalho em equipe, busca de soluções em software

III Maratona de Programação agitou a moçada da computação
 


No dia 2 de junho, dezenas de alunos dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, num total de sete equipes, participaram de um evento já tradicional na instituição: a III Maratona de Programação, organizada pelo Computing and Information Systems Research Lab (Compsi).
            Realizada todos os anos, a maratona promove nos alunos a criatividade, a capacidade de trabalho em equipe, a busca de novas soluções de software e a habilidade de resolver problemas sob pressão.
“Durante três horas, as equipes têm que resolver o maior número possível dentre cinco problemas propostos”, explica o Prof. Dr.Elvis Fusco, coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação. A prova é totalmente prática e cada equipe tem um computador à sua disposição para a realização dos problemas, que podem ser implementados nas linguagens C ou Java.
               “Esta edição da maratona foi bem competitiva”, destaca o Prof. Ms. Rodolfo Barros Chiaramonte, um dos coordenadores da atividade. Ele relata que, dos cinco problemas propostos, quatro foram resolvidos por quatro das equipes, sendo o tempo o segundo critério de desempate. “Ainda assim, o segundo e o terceiro lugar empataram no tempo e a decisão foi pelo número de submissões erradas”, explica.
               Os docentes parabenizam todos os concorrentes pela dedicação e seriedade com que participaram da maratona.
            A competição seleciona as equipes que vão representar o Univem na Maratona de Programação 2012, da Sociedade Brasileira de Computação (SBC).
O ambiente computacional para a realização da prova é baseado no sistema operacional Linux e faz uso do BOCA (http://maratona.ime.usp.br/manualBOCA.html), que é um software criado para controlar uma competição nos moldes da Maratona de Programação da SBC.
 
Experiência positiva
            Os estudantes também consideram a atividade muito produtiva. “É sempre muito bom poder participar da maratona, pois ela nos permite medir competências pessoais, como raciocínio lógico, habilidade em programar e de trabalhar em grupo”, avalia Filipe Ravagnã Piga, que participou dos dois eventos anteriores.
Para Allan Mariano de Souza, estreante na competição, o melhor de tudo foi a possibilidade de colocar em prática todo o conhecimento de programação e lógica, adquirido no decorrer do curso. “Foi uma experiência ótima”, diz.
Caio Saraiva Coneglian, outro calouro na maratona, concorda com os colegas. “Pude aprender um pouco mais sobre programação e como lidar com desafios, o que eu acho muito legal.”
 
 
 
Os integrantes das equipes melhores colocadas
 
1° lugar: Equipe ‘Nota Vermelha’ – Composta por Allan Mariano de Souza (3º BCC), Éttore Leandro Tognoli (4º BCC) e Otávio Guilherme Arruda dos Santos (3º BCC).
 
2° lugar: Equipe ‘U.R.S.O.’ – Composta por Alexandre José Dutra Gomes (4º BCC),
Fábio Rodrigues Jorge (4º BCC) e Filipe Ravagnã Piga (4º BCC).
 
3° lugar: Equipe ‘Blue Screen’ – Composta por Caio Saraiva Coneglian (2º BCC), Renan Avansi Marques (2º BCC) e Victor Ubiracy Borba (2º BCC).
 






Ciência sem Fronteiras

Crimes na Internet e inquérito policial eletrônico são temas em livro lançado por docentes do Direito

Univem contribui com o Mês do Meio Ambiente 2012
Homenagem
Bugatti recebe homenagem nos 40 anos

Programa de Qualidade de Vida da Nestlé contou com a integração de alunos de Administração e de Computação

Artigos desta edição


UNIVEM - Centro Universitário Eurípides de Marília
O Jornal do UNIVEM - está aberto para sugestões e matérias. Os textos assinados podem ou não corresponder à opinião do jornal.
[ Edições anteriores ] - Contato via e-mail: fundacao@univem.edu.br