Edição (ANTERIOR) de Junho de 2012.

Crimes na Internet e inquérito policial eletrônico são temas em livro lançado por docentes do Direito

Lançado em junho pela Editora Edipro (Edições Profissionais), o livro “Crimes na Internet e inquérito policial eletrônico” procura explorar temas ainda difusos na legislação.
 


               A obra é de autoria de dois docentes de Direito do Univem, Mário Furlaneto Neto e José Eduardo Lourenço dos Santos, em parceria com Eron Veríssimo Gimenes. Os autores são delegados de polícia no estado de São Paulo e abordam temas atuais, como a origem, evolução e criminalidade na Internet, crimes praticados pelo meio eletrônico (ameaça, calúnia, difamação, injúria, furto, dano e estelionato) e crimes tutelados pelo Estatuto da Criança e do Adolescente(ECA), perpetrados pela internet.
               A obra contém 190 páginas e discute, ainda, questões penais e processuais penais controvertidas, além de apresentar alternativas e soluções para agilizar a investigação dos crimes, como é o caso do inquérito policial eletrônico, além de mecanismos de preservação da prova em um contexto digital.
               O trabalho, elaborado através de uma revisão bibliográfica e jurisprudencial sobre o assunto, compõe-se, também, de discussões práticas que envolvem o cotidiano dos autores. Os professores do Univem já foram responsáveis pelo Núcleo de Crimes Eletrônicos da cidade de Marília e, atualmente, participam do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Direito e Internet (NEPI), grupo de pesquisa interdisciplinar desenvolvido no Univem.

               Furlaneto ressalta que um dos objetivos do grupo de pesquisa é apresentar à sociedade os resultados dos estudos desenvolvidos, de forma que o livro consolida a socialização da pesquisa, permitindo que o seu teor possa ser levado ao conhecimento da comunidade acadêmica e jurídica. “Nesse sentido, o livro retrata algumas pesquisas desenvolvidas nos últimos anos dentro do NEPI, nomeadamente no contexto penal e processual penal”, diz.

 

Santos enfatiza a importância da temática abordada. Ele comenta que já existem delegacias e departamentos especializados, mas a literatura ainda é carente, limitando-se quase sempre a artigos. “A tendência é que o assunto ganhe importância maior a cada dia, frente aos constantes avanços da tecnologia”, conclui.

 
 
No Univem
            O lançamento do livro para os alunos do Univem está previsto logo para o início do segundo semestre letivo, oportunidade em que os autores poderão falar com mais detalhes sobre sua importante obra.






Ciência sem Fronteiras

A criação de uma empresa, da ideia inicial às projeções de mercado
Homenagem
Bugatti recebe homenagem nos 40 anos
Giro UNIVEM
Ação Social Voluntária

Criatividade, trabalho em equipe, busca de soluções em software

Artigos desta edição


UNIVEM - Centro Universitário Eurípides de Marília
O Jornal do UNIVEM - está aberto para sugestões e matérias. Os textos assinados podem ou não corresponder à opinião do jornal.
[ Edições anteriores ] - Contato via e-mail: fundacao@univem.edu.br